“A Erva do Diabo” – Carlos Castaneda (Considerações e download)

Talvez alguns(mas) que por aqui passem, assemelhem-se comigo em idade e “experiências” de vida. Ainda adolescente tive contato com a leitura de Carlos Castaneda, para ser mais exato, tive o Livro a “Erva do Diabo”, talvez seja esse o meu primeiro contato com a antropologia e com a leitura de forma verdadeira, vale ressaltar que lí ele não como um texto científico, na época nada sabia sobre isso.

A Erva do Diabo é a tese de mestrado em Antropologia do Castaneda, mas não é esse um livro de rigor científico como assim conhecemos os livros científicos, ele esta além, nele encontra-se uma negociação verdadeira, Castaneda não decodificou através das leis cientificas o pensamento de seu informante – Dom Juan, ele soube abrir mão da ciência de forma sabia sempre que essa demonstrou-se pequena frente aos conhecimentos e fatos vividos com a quele brujo Yaqui.

A Erva do Diabo esta entre os cem livros mais lidos no século passado e foi meu primeiro livro. A Erva do Diabo AQUI.

 

Primeira conversa:
Sexta-feira, 23 de junho de 1961

- Quer-me ensinar alguma coisa a respeito do peiote, Dom Juan?
– Por que quer saber disso?
– Eu queria mesmo saber a respeito. Só querer saber não basta como motivo?
– Não! Tem de procurar em seu íntimo para saber por que um rapaz como você quer empreender essa tarefa de aprendizagem.
– Por que você mesmo aprendeu sobre isso, Dom Juan?
– Por que quer saber?
– Talvez nós dois tenhamos os mesmos motivos.
– Duvido. Sou índio. Não temos os mesmos caminhos.
– O único motivo que tenho é que desejo saber a respeito, só para aprender. Mas asseguro-lhe, Dom Juan, não tenho más intenções.
– Acredito em você. Já o fumeguei.
– Perdão?
– Não importa agora. Sei quais são suas intenções.
– Quer dizer que leu meus pensamentos?
– Pode ser.
– Então quer-me ensinar?
– Não!
– Por eu não ser índio?
– Não. Porque você não conhece seu íntimo. O importante é você saber exatamente por que quer envolver-se. Aprender a respeito de Mescalito é uma coisa muito séria. Se você fosse índio, só o seu desejo seria suficiente. Muito poucos índios têm esse desejo.

Baixe o livro do Castaneda, “Uma Estranha Realidade” AQUI.

A pedido no comentário de Filipe – Download “Porta para o infinito

Publicado em Carlos Castaneda, Carlos Castanheda, Don Juan, Download, Livro, Livros, México, Pessoal
35 comentários em ““A Erva do Diabo” – Carlos Castaneda (Considerações e download)
  1. Maria disse:

    Quero uma informação: O download do Livro “A Erva do diabo” é pago?

  2. relatividade disse:

    Olá Maria, não o download não é pago.
    Um abraço.
    Lucio Uberdan

  3. Daniel disse:

    Olá! Adorei ter encontrado esses livros para download. Pois não têm disponível em lugar algum, só pago é claro.

    Humildemente peço que coloquem mais livros do Carlos Castañeda para download e desde já agradeço.

    Abraços.

  4. antonio carlos disse:

    e muito importante o interesse sobre todos os misterios descritos nestes livros de carlos castanheda…

  5. Olá disse:

    Tem mais?!?!?

  6. Olá disse:

    Obrigado

  7. EDUARDO disse:

    Eu sou meio suspeito de falar desse livro,Cada vez que eu leio me da vontade de ler mais.a erva do idabo para min foi um livro que chegou em boa hora,o livro ensina e diverte.A primeira passagem com o Peiote(a his´toria do cachorro) é demais.

  8. luiza.fany desoti disse:

    gostaria de comprar esse livro A erva do diabo, voces têm como vende-lo atraves desse site?

  9. JOSE SOLARES disse:

    quisiera me dijesen si la edicion del libro de Carlos Castaneda està publicado el texto tambièn en español. Gracias

  10. castaneda tem dois mundos…em um so…qui pena eu nao concegui…fazer o mesmo…

  11. Wolney disse:

    Valeu pela indicação do Downloud!

  12. marcelo disse:

    foi o 1º do Castaneda que eu li e fui arremessado para esse mundo fascinante dos xamâs

  13. RUBENS MENDES disse:

    Para se ler castaneda, precisa-se ser milionario como ele mesmo era
    pois o nosso mundo de hoje não permite fazer o que ele pregava, pois toda a nossa riqueza neste mundo de materia, é a nossa razão.
    Sem ela nos não somos nada neste mundo e corremos um grande risco
    de perder o pouco que temos.

  14. ANDRÉ disse:

    Esse livro parece ser muito bom, creio que o que achamos ser real sej uma alteração na química corporal,se os”humanos” de fato existirem e tudo à su volta…

  15. ana angelica de almewida dantas disse:

    Adorei ter lido o livro a erva do diabo, mudou totalmente meu modo de ver o mundo e o universo….

  16. rafael disse:

    preciso de informaços sobre as duas realidades.

  17. filipe disse:

    Li todas as obras de carlos Castaneda na minha juventude. Infelizmente perdi um deles e não encontro em nenhuma livraria. Agradecia que me indicassem onde posso consegui-lo em formato digital.
    O livro chama-se “Porta para o infinito”

  18. Anônimo disse:

    ola primeiro gostaria d parabenizá-los pelo excelente trabalho. Quero saber onde encontro o livro a erva do diabo, li recentemente o segundo circulo do poder e adoraria consegui o livro.

  19. César disse:

    Queria muito o livro A Arte de Sonhar, forte abraço e parabéns por partilhar o brilhante trabalho de Carlos Castañeda. =D

  20. Lucas Krow disse:

    Olá,gostaria de saber se seria possível fazer um pack com todas as obras do Castañeda para download,desejo terminar minha leitura das mesmas,mas não encontro todas para baixar,ficaria muitíssimo grato em ter esse coleção,contato e troca de e-books pelo meu e-mail: lucasz1_toka@hotmail.com Desde já agradeço.

  21. Lucas Krow disse:

    Muito obrigado Cesar,te devo essa!

  22. Anônimo disse:

    coisas como o ponto, ou o caminho do cacador, nao podem ser provados cientificamente, porem ainda assim sentimos uma especie de verdade implicita nisso tudo. mas o forte da obra, para mim, sao os dialogos, aonde podemos ver um ponto de vista surpreendente do mestre a respeito do que seja a realidade.

  23. Rodolfo lyra disse:

    Gostei do livro

  24. Renato disse:

    Li este livro quando tinha cerca de 20 e poucos de idade e estava sempre em busca desse tipo de descoberta , pois vivia a época “hippie” em todas as suas extensões, ao som de “Born to Be Wild” da banda Steppen Wolf. Este mês faço 60. Curti bastante. Valeu a postagem. Grandes lembranças…

  25. josé maria disse:

    tenho vários livros de carlos castanheda erva do dibo, o poder do silencio, porta para o infinito aprendi muito com eles

  26. Kátia Silmara da Silva disse:

    Comecei a ler Carlos Castaneda há dois anos, meu primeiro livro foi uma estranha realidade, fiquei mal por alguns dias, chorava muito. Depois comecei a ler Viagem a Ixtlan, não consegui conluir a leitura, estava muito atortoada, desde semana passada estou pensando em voltar a ler. Quero pegar A Erva do Diabo e Viagem a Ixtlan novamente. Acho que Carlos Casteneda não é uma leitura para todos, às vezes, penso que é melhor não tentar conhecer mais, mas outras, penso que será a única forma de conseguir encontrar um ponto de partida.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Apresentação

BEM VINDO a esse não-lugar. O blog Relatividade não almeja grandes feitos. Ele apenas relativiza questões do cotidiano, entrelaçadas com perspectivas teóricas e práticas.

Passaram aqui:
  • 267,922 Visitas
Leitura compartilhada
Arquivos
%d blogueiros gostam disto: